InícioInício  CalendárioCalendário  FAQFAQ  BuscarBuscar  MembrosMembros  GruposGrupos  Registrar-seRegistrar-se  Conectar-seConectar-se  

Compartilhe | 
 

 Elijah Haywood

Ir em baixo 
AutorMensagem
Elijah Haywood

avatar

Localização : Lieu Magique
Emprego : Aprendiz na Route 69
Idade : 23
Mensagens : 96
Player : Camie

MensagemAssunto: Elijah Haywood   Sex Dez 21, 2018 6:03 pm

DADOS BÁSICOS
    Nome completo: Elijah Deacon Haywood
    Local de nascimento: Wolverhampton, UK
    Data de nascimento: 05 de fevereiro de 1995
    Raça: Nascido Trouxa
    Relacionamento: Solteiro
    Patrono: Furão
    Varinha: Amieiro e pêlo de Unicórnio, 22cm, inflexível.


BIOGRAFIA
    Infância
      Elijah nasceu em Wolverhampton, em uma família de classe média-baixa, o segundo dos quatro filhos de Abraham e Sandy. Alice, a mais velha de seus irmãos, tem 25 anos, enquanto Jace e Isabella tem 18 e 15 anos, respectivamente. Enquanto hoje a vida deles é bem mais tranquila financeiramente, com quase todos os filhos contribuindo, ou já tendo saído de casa, quando Elijah era pequeno, eles tinham que apertar bem o cinto pra sobreviver de mês à mês. Sandy, infelizmente como grande parte das pessoas da cidade, mal terminou o colégio, e sempre foi dona de casa, então o sustento vinha todo do salário de Abraham como bombeiro.
      Apesar de vez ou outra faltar dinheiro pra comprar uma roupa nova, ou livros novos pra escola, carinho nunca faltou na casa dos Haywood. Abraham e Sandy ensinaram os filhos desde pequenos a cuidarem um dos outros, e a serem gentis com o próximo. Não tinha essa de coisa de garoto, ou de garota, todo mundo contribuía com os afazares de casa, limpando ou cozinhando, lavando as roupas, e consertando coisas pela casa que viviam quebrando. Por mais que cada filho tivesse sua turminha na escola, eles sempre voltavam juntos, faziam os deveres juntos (e também aprontavam muito juntos).
      Durante toda sua infância, Elijah nem fazia idéia de que poderia ser bruxo, apenas achava que era bem sortudo, mesmo. As vezes ele perdia alguma coisa, e depois de um instante, o que ele procurava aparecia como que magicamente por perto, e ele achava que só não tinha notado que a coisa estava ali, ou as vezes seus pais lhe pediam que ele consertasse algo, ou trocasse uma lâmpada, e quando ele ia mexer, não parecia haver nada de errado por ali. Ele não entendia o que tinha acontecido, mas nem questionava, já que não teria que perder tempo com mais um dever. Aí quando recebeu sua carta de Hogwarts, tudo fez sentido.
      Seus pais ficaram muito surpresos e quase não acreditaram que poderia ser verdade, pessoas simples que eram (e ainda são), mas hoje em dia já são bem acostumados, e logo souberam identificar os sinais quando Isabella também começou a dar sinais de magia. Hoje ela ainda está em Hogwarts, entrou para a Corvinal e tem demonstrado ser uma bruxa bem talentosa.





    Vida escolar
      • Escola: Hogwarts
      • Casa: Lufa-Lufa

      Sinceramente, até chegar em Hogwarts e ser mandado para uma casa por um chapéu falante, Elijah ainda esperava que alguém fosse aparecer do nada dizendo que tudo era uma grande brincadeira. Essas coisas simplesmente não aconteciam com as pessoas de onde ele vinha. Ou assim ele pensava. Pra sua surpresa, ele acabou reencontrando dois conhecidos de Wolverhampton, filhos de amigos de seus pais, que as pessoas diziam que tinham ido estudar em um internato ou ido morar com parentes distantes.
      Durante o primeiro ano, ele sentiu bastante falta de casa e dos irmãos, mas aos poucos foi aprendendo a lidar, fazendo amigos na Lufa-Lufa e se dedicando aos estudos. Conforme o tempo foi passando e Elijah foi ficando mais confortável em Hogwarts, fazendo amigos e meio que puxando alunos mais novos pra baixo da sua asa, acostumado a ter irmãos mais novos pra cuidar. Em seu quarto ano, Elijah entrou para o time de quadribol da Lufa como artilheiro, e sua popularidade aumentou do dia pra noite, passando a chamar a atenção de garotas e até de alguns garotos, e, honestamente, estar em Hogwarts fez com que fosse bem mais fácil para que ele explorasse esse lado da sua sexualidade; Wolverhampton, apesar de ser sua casa e um lugar que ele ama, não é um dos mais mente-aberta do Reino Unido.
      Assim, os anos foram passando rapidamente para ele numa mistura de aulas, treinos de quadribol e namoricos com pessoas de ambos os gêneros, uns mais longos que os outros, mas todos igualmente queridos por Elijah. Ele voltava para casa sempre que podia, e sua família sempre o recebia de braços abertos, com suas comidas preferidas e ansiosos para ouvir suas histórias (literalmente) mágicas.

      • N.I.E.M.s:
        • Transfiguração: O
        • História da Magia: A
        • Feitiços: E




    Vida Universitária
      • Universidade Ottery University
      • Curso: Bacharelado em Artes
      • Formado em: Artes Finas
      • Fraternidade: Old Albus College


      Elijah foi para Ottery sem saber bem o que iria estudar. Só sabia que queria continuar sua carreira no mundo bruxo, e foi. Entre o bacharelado em Magiologia e o em Artes, o de Artes foi o que o atraiu mais, então foi o que ele escolheu, e decidiu que escolheria uma especialização mais tarde. Acabou entrando para a Old Albus College, uma fraternidade dedicada à inovação e à criação, e que ele achou que era a sua cara. Ele morou na fraternidade durante todo o tempo que passou em Ottery, estranhando no começo toda a ostentação da casa, ainda mais quando voltava pra Wolverhampton nas férias, mas eventualmente acabou se acostumando.
      Quando chegou a hora de escolher um bacharel, Elijah acabou sentindo uma inclinação pelas Artes Finas, coisa que ele nunca achou que teria muito interesse antes; sempre achou que acabaria indo fazer algo mais prático, alguma versão bruxa do trabalho de seu pai, ou coisa do tipo, mas estar em Ottery acabou expandindo seus horizontes muito mais do que Elijah esperava.
      Claro, ter ido para Hogwarts já foi uma super transformação na sua vida, mas em Ottery ele teve o primeiro gosto da vida de adulto, sem tantas regras, entrando em contato com pessoas de muito mais lugares diferentes, com passados diferentes, o que despertou um lado criativo em Elijah que ele não sabia que tinha.
      Elijah se formou sem ter repetido em nenhuma matéria, e com um estágio garantido em um estúdio trouxa em Paris.



    Adulto
      Depois de se formar em Ottery, Elijah voltou para casa e sossegou por lá pelas férias inteiras. Sabia que logo se mudaria para longe, que não teria dinheiro para voltar para casa tão frequentemente, e resolveu aproveitar o máximo que podia com a família. Também aproveitou para aprender o máximo que podia de francês, mesmo que isso não significasse muita coisa no fim, não tem feitiço que ajude alguém a aprender uma língua toda em apenas alguns meses. A despedida foi bem emocional, com seus pais e todos os seus irmãos indo levá-lo na estação de trem, muitos abraços, e com sua mãe fazendo ele prometer que iria comer direitinho e não deixaria de dar notícias nem uma semana.
      Chegando em Paris, Elijah arranjou um quarto para alugar numa pensão, que era pequeno e meio longe de onde iria trabalhar, mas pelo menos ele não iria dormir na rua, então estava tranquilo. Sabia que a vida de artista não seria fácil, e ele estava disposto a pagar o preço. Infelizmente, o preço que ele estava pagando começou a pesar muito, bem rápido. Não demorou para que ele percebesse que o estúdio que o contratou não estava tão interessado em um estagiário quanto em ter um faz-tudo. Seus chefes o mandavam fazer coisas que não tinham nada a ver com arte, como buscar cafés, varrer o estúdio, ir buscar tintas e coisas do tipo.
      Elijah até tentou focar no positivo, que estava morando na cidade de um dos mais incríveis museus do mundo, que havia inspirado tantas histórias, músicas, pinturas, mas depois de um tempo, não deu mais. Sem querer voltar para casa, Elijah começou a procurar outro emprego, até em áreas diferentes, até que, um dia, enquanto passeava pelo Lieu Magique, ele encontrou o Route 69, um estúdio de tatuagem com uma área dedicada à exposições, e resolveu ir ver qual era a do lugar.
      Recebido por Amélie Theuriet, Elijah fez um tour do lugar, e achou tudo incrível, se oferecendo para trabalhar lá sem que Amélie nem oferecesse. Para sua sorte, ela estava mesmo precisando de alguém para a ajudar a manter o espaço, e acabou o contratando. Elijah se deu bem com os outros funcionários do espaço logo de cara, e no fim do seu primeiro mês lá, já estava com os braços cobertos de tatuagens. Agora no seu quarto mês trabalhando na Route, Elijah também meio que começou um aprendizado com os tatuadores. Por enquanto apenas desenha e ajuda a manter o espaço limpo, mas aos poucos tem treinado a mexer com as penas e as tintas, e sente que finalmente achou o que quer fazer como profissão, mesmo.
      Ainda não teve a chance de voltar pra casa desde que se mudou para Paris, mas conversa com sua família pelo menos uma vez por semana, geralmente de algum café trouxa onde pode acessar a internet, vive mandando presentinhos pros seus irmãos, e acabou de alugar seu próprio apartamento no Lieu Magique. Seu francês ainda é meio sofrido, mas aos poucos vai aprendendo mais e mais (inclusive uma boa quantidade de palavrões com o pessoal da Route).


PARENTES
    PAI: Abraham Haywood
      Abraham é um homem simples, sem muitas ambições, mas muito simpático e de temperamento amigável. É o típico ursão carinhoso, de aparência um pouco assustadora por seu porte grande, mas com um enorme coração.

    MÃE: Sandra (Sandy) Haywood
      Como seu marido, Sandra também é bem simples, tendo passado a vida se dedicando à sua família. O sonho de Elijah é trazê-la para passar um tempo em Paris para paparicá-la sem parar.

    IRMÃOS: Alice, Jace e Isabella Haywood
      Alice, a mais velha dos quatro, hoje é professora de primeiro grau, já casada e tem um filho chamado Arthur
      Jace, o terceiro filho, agora com 18 anos, acabou de se formar e ainda está decidindo o que vai fazer da vida. Pensa em ser bombeiro como o pai, ou entrar para o exército.
      Isabella, a bebê da família, tem 15 anos e é estudante de Hogwarts como Elijah foi.



APARÊNCIA
    Elijah é relativamente alto, tendo 1,82m e é meio magro, já que faz zero atividades físicas. Tem os cabelos castanhos um pouco compridos, lisos, olhos bem azuis e um rosto bem angular, com o maxilar bem definido e um nariz fino e um pouco empinado. Tem tatuagens espalhadas por ambos os braços, a maioria delas bem recentes, e que ele não pretende parar de fazer tão cedo. Se veste de um jeito bem casual, adora uma calça jeans e um tênis confortável, geralmente sobrepondo camisas e camisetas, e usando alguns anéis em ambas as mãos.

PERSONALIDADE
    Elijah leva a vida bem na boa, num misto de só aceitar o que acontece e não conseguir ficar parado no mesmo lugar por muito tempo. Toma decisões importantes sem pensar muito antes de fazê-las e sem medo dos riscos, ou consequências. Tem um grande senso de família, e sempre vai querer ajudar se vê alguém que precisa de alguma coisa. É simpático com todo mundo, adora ouvir as histórias dos clientes que passam pela Route, e acha que todo mundo tem alguma coisa pra ensinar.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://wizardworld.forumeiros.com/t1900-elijah-haywood#147398
 
Elijah Haywood
Voltar ao Topo 
Página 1 de 1

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Wizard World  :: OFF :: Personagens :: Fichas-
Ir para: